Brasília, 19 de janeiro de 2018
22 dez 2017

TUCANOS DO PSDB “BATEM BICOS”

9 dez 2017

A Convenção Nacional do PSDB, sinalizou uma ruptura no partido.
Os tucanos de alta plumagem, marcaram presença dando recado discreto, Geraldo Alckimin presidente do partido.
Representantes de vários partidos estiveram presentes buscando uma grande coalizão para salvar o Brasil.
O discurso do tucano Alckimin pré-candidato à presidência em 2018, ganhou força sendo aplaudido de pé.
Na solenidade chamou atenção a ausência de grande parte dos parlamentares tucanos, mostrando que existe um racha, onde a maioria não apoia a candidatura de Alckimin.
Artur Virgilio prefeito de Manaus, anunciou que disputará com Geraldo Alckimin, a candidatura à presidência em 2018.
Vale lembrar que, Arthur Virgílio é porta voz de José Serra e o grupo de oposição a Alckmin.
O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), chegou acompanhado do vice-governador de São Paulo Márcio França e foi recebido com uma sonora vaia pedindo que, deixasse o governo do DF.
“Fora Rollemberg!! Fora Rollemberg!”, Brasília, não aguenta mais o desgoverno.
O clima foi constrangedor e Márcio França, tirou Rollemberg pela porta dos fundos evitando até uma possível agressão dos militantes do PSDB, que lotavam o auditório.
O discurso do senador tucano Tasso Jerreissati (PSDB-CE), chegou a ser interrompido pelo tumulto causado por Rollemberg.
O senador pediu que acalmassem os ânimos para dar início à votação do novo presidente nacional do partido que culminou com a vitória de Geraldo Alckmin.
As vaias ao governador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), mostram a rejeição dos tucanos ao Partido Socialista Brasileiro. Em 2018, o sonho de Rollemberg em fazer parte da chapa presidencial junto com o PSDB, tornou-se um pesadelo, após a sonora vaia da militância tucana na Convenção Nacional do Partido, neste sábado, em Brasília.
Restando para o governador de Brasília, tentar a reeleição com a rejeição em altíssimo nível.¨