• Sem categoria
  • 17 abr 2017

Sinpol-DF participa de ato contra a Reforma da Previdência

Nesta terça-feira (18), será promovido em Brasília o Dia Nacional em Luta pela Valorização do Profissional de Segurança Pública. Na oportunidade, servidores das várias forças de segurança de diversos estados e do Distrito Federal voltarão a manifestar o repúdio à PEC 287/2016, que institui a Reforma da Previdência.

Organizado pela União dos Policiais do Brasil (UPB), uma associação de 29 entidades de classe de todo o país, entre elas o Sinpol-DF, o ato terá início às 13h, com concentração em frente ao Congresso Nacional.

Lá, os policiais irão acompanhar a leitura do relatório da (PEC) 287 – com a expectativa de retirada dessas carreiras da Proposta de Emenda à Constituição. Os servidores também irão deliberar sobre as mobilizações possíveis, caso o parecer do relator não preserve o direito dos policiais brasileiros.

No texto atual, o governo federal propõe acabar com o reconhecimento do trabalho policial como atividade de risco. Na prática, a mudança elevaria o tempo mínimo de contribuição para a previdência desses profissionais, que, comprovadamente, têm uma expectativa de vida inferior ao restante do funcionalismo público.

Para o Sinpol-DF, a proposta é uma ameaça à sociedade e resultará em uma polícia cada vez mais envelhecida nas ruas, já que a idade mínima de aposentadoria passaria para 65 anos, e o benefício integral exigiria quase 50 anos de contribuição.