Polícia Civil recebe 60 fuzis que apreendeu no ano passado no Galeão

Os 60 fuzis apreendidos pela Polícia Civil no Aeroporto Internacional do Galeão em junho do ano passado foram entregues hoje (28) à corporação pelo Gabinete de Intervenção federal. A doação foi autorizada pela 8ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

As armas de grosso calibre estavam no Batalhão de Manutenção e Suprimento de Armamentos do Exército, onde passaram por testes para assegurar seu bom funcionamento. Segundo o Gabinete de Intervenção Federal, o arsenal está em perfeitas condições.

Como estavam nas mãos do crime organizado quando foram apreendidas, as armas têm numeração raspada. O primeiro trabalho da Polícia Civil será remarcá-las e registrá-las no Sistema Nacional de Armas (Sinarm), de acordo com o delegado Rafael Willis, coordenador de fiscalização de armas e explosivos da Polícia Civil.

“São fuzis novos e de excelente qualidade que, com certeza, ajudarão no combate à criminalidade”, disse o delegado, que participou de uma transmissão ao vivo na página do Gabinete de Intervenção Federal no Facebook.

O arsenal inclui os modelos AR-10 e AK-47. As armas vieram de Miami, nos Estados Unidos, e foram encontradas por policiais civis em contêineres, onde havia aquecedores para piscinas. Quatro pessoas foram presas na operação, e um brasileiro que vive na cidade norte-americana foi apontado como responsável por traficar o armamento.

 

 

Fonte: Quidnovi/EBC