O bom filho a casa torna. Wally-Lírio está com Frejat

Por Mino Pedrosa

Onde está o Wally? Nesta sexta-feira(18) Wally-Lírio fez jus ao ditado: “o bom filho a casa torna”. A costura do pré-candidato ao governo de Brasília, Jofran Frejat com o pré-candidato ao senado, Alberto Fraga, convenceu Alírio Neto a voltar para o grupo de oposição que ele sempre fez parte.

A tentativa de voo solo do petebista fez com que ele fizesse um pouso forçado nos braços de Frejat. O desgaste de Wally-Lírio em um voo sem autonomia, com escala em vários grupos e após uma breve reflexão durante o pouso no Partido Republicano da Ordem Social (PROS) ao ser anunciado como um provável vice de Eliana Pedrosa, o fez decolar para pousar em definitivo no hangar do Partido Republicano (PR).

Jofran Frejat que já definiu Alberto Fraga como seu pré-candidato ao senado, agora, tenta um noivado com mais dois nomes: Paulo Octávio e Cristovam Buarque. A cadeira de vice na chapa, mesmo com o retorno de Alírio, não está preenchida e vai depender do desempenho dos pré-candidatos do grupo para definir qual será o escolhido. O grupo retoma a força junto ao eleitorado e aos poucos sobra uma terceira via minguada, mas, já com os olhos nessa união.

Por outro lado o ex-todo-poderoso, Nelson Tadeu Filippelli, ferido de morte pelos escândalos de corrupção perde força e terá que abrir mão da indicação do vice em prol do fortalecimento do grupo. Nos bastidores caciques do grupo de Frejat trancaram com cadeado as portas que Eliana Pedrosa poderá bater.

Ao final desse imbróglio o eleitor verá a confirmação da existência de apenas dois grupos: o do governador Rodrigo Rollemberg e a oposição liderada por Jofran Frejat. O resto a palavra já diz.