Cultura & Diversão

"O Palhaço" lidera Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

27/06/201218:01

Twitter  Facebook imprimir enviar para amigo comente essa notícia

Google imagens

"O Palhaço" é o principal finalista do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro.

O filme dirigido por Selton Mello lidera em número de indicações, com 13. "O Homem do Futuro", de Cláudio Torres, vem em seguida, com 11, e "Bróder", de Jeferson De, tem dez.

Além destes três longas, concorrem a melhor filme de ficção "Assalto ao Banco Central", de Marcos Paulo, e "Bruna Surfistinha", de Marcus Baldini.

O cineasta Cacá Diegues ("Xica da Silva", "Bye Bye Brasil") será o homenageado da 11ª edição, que ainda não anunciou data nem local para cerimônia.

A Academia Brasileira de Cinema, que organiza a premiação, é presidida pelo diretor Roberto Farias.

Abaixo seguem os indicados nas principais categorias:

MELHOR LONGA DE FICÇÃO

"Assalto ao Banco Central", de Marcos Paulo
"Bróder", de Jeferson De
"Bruna Surfistinha", de Marcus Baldini
"O Homem do Futuro", de Cláudio Torres
"O Palhaço", de Selton Mello

MELHOR LONGA DOCUMENTÁRIO

"À Margem do Lixo", de Evaldo Mocarzel
"As Canções", de Eduardo Coutinho
"Diário de uma Busca", de Flavia Castro
"Lixo Extraordinário", de João Jardim, Karen Harley e Lucy Walker
"Quebrando o Tabu", de Fernando Grostein Andrade
"Rock Brasília", de Vladimir Carvalho

MELHOR LONGA INFANTIL

"Palavra Cantada 3D - Show Brincadeiras Musicais", de Carlos Garcia Magalhães e Marcelo Siqueira
"Uma Professora Muito Maluquinha", de André Alves Pinto e Cesar Rodrigues

MELHOR DIREÇÃO

Andrucha Waddington ("Lope")
Cláudio Torres ("O Homem do Futuro")
Eduardo Coutinho ("As Canções")
Jeferson De ("Bróder")
Selton Mello ("O Palhaço")

MELHOR ATRIZ

Alinne Moraes ("O Homem do Futuro")
Débora Falabella ("Meu País")
Deborah Secco ("Bruna Surfistinha")
Leandra Leal ("Estamos Juntos")
Simone Spoladore ("Elvis e Madona")

MELHOR ATOR

Caio Blat ("Bróder")
Cassio Gabus Mendes ("Bruna Surfistinha")
Selton Mello ("O Palhaço")
Wagner Moura ("Vips")
Wagner Moura ("O Homem do Futuro")

MELHOR LONGA ESTRANGEIRO

"Cisne Negro", de Darren Aronofsky
"Um Conto Chinês", de Sebastián Borensztein
"Meia-Noite em Paris", de Woody Allen
"A Pele que Habito", de Pedro Almodóvar
"Rio", de Carlos Saldanha

 

 

 

 

*Folha

RL