Mais de 250 obras estão paradas em 44 universidades federais do país

Em 44 universidades federais do Brasil, 252 obras estão paradas – bibliotecas, salas de informática, prédios com salas novas, quadras. O levantamento foi feito pelo Bom Dia Brasil.

Na Universidade Federal de Alagoas (UFAL), por exemplo, um complexo esportivo de 49 mil metros quadrados está abandonado. Se entregue, ele beneficiaria estudantes de educação física e moradores da região, que poderiam usar as piscinas e quadras. A construção já custou R$ 28.337.038,82 ao governo.

Na mesma instituição, o bloco de comunicação social, que deveria ter ficado pronto em 2015, também está com obras paradas. As doze salas de aula, o laboratório e o auditório estão fazios, sem equipamentos. Camilla Bibiano, estudante de jornalismo, conta que “está todo mundo apertado em outro prédio, sem poder ter aula do jeito que deveria”. Nesse caso, R$ 1,8 milhão foram gastos.

Dilson Batista Ferreira, supervisor de infraestrutura da universidade, afirma que faltam recursos para que as obras sejam concluídas.

Em São Luís, um prédio da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) que serviria como biblioteca central está abandonado desde 2015. A instituição afirma que a empresa responsável pela obra interrompeu o serviço e que a retomada da construção dependerá da liberação de recursos do governo federal.

Fonte: Quidnovi/G1