GDF: crônica de tragédia anunciada

Por: Rômulo Loiola

O descaso com a coisa pública no governo de Rodrigo Rollemberg, fica explicitado dia após dia. Mas, não deveria ser assim. Uma tragédia anunciada pelo relatório do próprio governo foi confirmada nesta terça-feira (06) com a queda de parte do viaduto que fica localizado no centro de Brasília, na Galeria dos Estados, pouco antes do meio dia, próximo a horário de grande circulação de veículos e pedestres.

O local é bastante frequentado pelo comércio que possui em especial no horário de almoço por conta das lanchonetes e restaurantes. Várias pessoas poderiam tem perdido a vida no desabamento. Dois carros ficaram soterrados. Um dos motoristas desses veículos disse que estacionou o veículo e foi com o amigo para um restaurante próximo ao local onde tudo ocorreu . “Deixamos as coisas no carro e 4 minutos depois ouvimos o barulho”.

Ao admitir que o local precisava de manutenção o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, parece não está muito preocupado com possíveis desastres que ainda podem acontecer na Capital Federal, por falta de manutenção em prédios e locais públicos de responsabilidade do GDF.

Documentos dos órgãos governamentais comprovam que não só o viaduto que desabou, mas, outras obras necessitam de manutenção e ou reforma urgente e o governo já tem em mãos esses relatórios indicando esses locais.

Se o governo de Rollemberg tivesse se atentado para a gravidade dos problemas apresentados nos relatórios o desabamento do viaduto da Galeria dos Estados poderia ter sido evitado. Porém, quantas obras irão precisar ir ao chão para que o governador tome as devidas providências?