FUNARO É TRANSFERIDO NOVAMENTE PARA A CARCERAGEM DA PF

O doleiro Lúcio Funaro, que negocia uma delação premiada com o Ministério Público Federal, foi autorizado mais uma vez a deixar o complexo penitenciário da Papuda e seguir para a Superintendência da Polícia Federal em Brasília. Ele vai ficar lá pelo menos até a próxima sexta-feira, dia 25. O pedido de transferência foi feito pelo Ministério Público Federal, para que Funaro preste depoimentos. A expectativa é que o doleiro, apontado como operador de Eduardo Cunha em esquemas de corrupção, feche o acordo de delação com os procuradores ainda esta semana.