Brasília, 21 de fevereiro de 2018
1 fev 2018

Exclusivo: Carlos Gabas o cirurgião na Operação Pausare

Walter de Carvalho Parente, interventor no Postalis

Por: Mino Pedrosa

A Mega Operação da Polícia Federal em conjunto com os órgãos reguladores batizada por Pausare tem endereço certo: Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e Partido Social Democrático (PSD) como alvo principal a provável candidatura do ministro da fazenda, Henrique Meirelles, a presidência da República em 2018.

O todo poderoso ex-ministro Carlos Gabas é o maestro que vem regendo toda essa sinfonia no tom afinado com o Partido dos Trabalhadores (PT). Em julho de 2017 o site Quidnovi.com.br trouxe uma série de reportagens exclusivas revelando a teia que estava sendo tecida por Gabas para denunciar o PMDB e o PSD livrando estrategicamente o PT.

A intervenção de Walter de Carvalho Parente, no Instituto de Seguridade Social dos Correios e Telégrafos (Postalis), foi a senha para que o Ministério Público Federal e os órgãos reguladores deflagrassem o processo de “caça as bruxas”.

O ex-presidente do Banco BNY Mellon, José Carlos Lopes Xavier de Oliveira é apontado por investigadores da Polícia Federal como um dos principais responsáveis pela operação que gerou desvios no Postalis, e prejuízo aos funcionários da estatal. O vazamento da Mega Operação Pausare, para José Carlos, presidente do Banco BNY MELLON foi o que proporcionou a fuga de mais um que seria alvo da Operação. José Carlos têm muito o que explicar e muitas pessoas a apontar. Mas, certamente ninguém ligado ao PT.

O BNY Mellon administrava os investimentos do Postalis e foi contratado pelo fundo justamente para proteger suas aplicações. A suspeita é que Oliveira autorizava e viabilizava operações consideradas criminosas para beneficiar empresas como a de seu ex-sócio, Arthur Mario Pinheiro Machado. Os investigadores não descartam que Machado possa ter repassado propina ao ex-presidente do BNY Mellon.

Outro fato que chama atenção é a busca e apreensão que tem como alvo, Paulo Rabello de Castro, presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), homem de extrema confiança do presidente Michel Temer, um dos caciques do PMDB.

RELEMBRE O CASO POSTALIS NAS MATÉRIAS EXCLUSIVAS DO QUIDNOVI

http://quidnovi.com.br/exclusivo-a-intervencao-branca/

http://quidnovi.com.br/propina-de-r-30-milhoes-para-renan/

http://quidnovi.com.br/o-desembarque-de-catta-petra/

http://quidnovi.com.br/a-devassa-da-pf-na-esplanada-dos-ministerios/

http://quidnovi.com.br/efraim-filho-desvios-em-fundos-de-pensao-tem-mesmo-dna-do-mensalao-e-petrolao/

http://quidnovi.com.br/funaro-abre-tampa-do-esgoto-de-brasilia/